­
Oracao Devocionais 40 dias

Palavra

"Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor. Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço.” Jo. 15:9-10

Meditação

Que convite maravilhoso o Senhor Jesus nos faz: “permaneçam no meu amor.” Se Ele nos chama a permanecer é porque corremos o risco de desanimar, desistir ou retroceder. Nestes 40 dias que meditamos na Palavra e jejuamos, o Senhor falou de várias formas ao nosso coração, mas não paramos aqui, somos chamados a permanecer, a perseverar na busca de crescimento no conhecimento de Deus, buscando dia-a-dia nos tornarmos íntimos dEle.

Que você persevere na caminhada em obediência aos mandamentos, pois não devemos ser apenas ouvintes, mas praticantes da Palavra. Nem sempre é fácil, mas quanto mais investirmos tempo na presença do Senhor, mais nos tornaremos parecidos com Ele e cheios de sua essência: o Amor. Vamos avançar com confiança, buscando a vontade de Deus e lutando pelo crescimento do Reino.

Jesus continua o texto dizendo:

O meu mandamento é este: “amem-se uns aos outros como eu os amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos. Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno.” João 15:12-14

Persevere na oração, alegre-se na esperança e seja paciente nas tribulações, pois Aquele que prometeu é fiel para cumprir, e Ele prometeu que não estaríamos sós e que com Ele somos mais que vencedores.

Aplicação Pessoal

  1. Como tenho reagido diante das dificuldades?
  2. Tenho permanecido na fé?

Motivos de Oração

  • Que possamos permanecer firmes na busca da intimidade com Deus

Outras referências bíblicas

Sl 145:18-19; 2 Timóteo 3:16-17

Oracao Devocionais 40 dias

Palavra

“E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.” Jo. 14:13,14

Meditação

Em nossos tempos, muitos recebem o nome através de seus pais, porém nem sempre a escolha está firmada num propósito ou significado, as vezes só por acharem bonito ou diferente. Nos tempos bíblicos havia uma relevância para o nome.

Deus deu um nome especial ao seu único Filho: Jesus! Maravilhoso nome que está acima de todo nome! O nome de Jesus quer dizer Salvador.

Ele veio a este mundo com um propósito eterno. Jesus voltou para o Pai mas deixou uma grande missão aos seus seguidores, de ir ao mundo e pregar o evangelho, e para em seu nome libertar os cativos! Nós temos a permissão dEle para usar o Seu nome. É como se ao final de uma petição Ele mesmo assinasse o pedido que está sendo dirigido ao Pai.

Muitas vezes pedimos de acordo com a vontade da carne e não discernimos a vontade e propósitos de Deus. Quando oramos com vaidade, para sermos vistos, ou com arrogância ou falsidade, não somos atendidos. Tiago nos afirma que não recebermos quando pedimos mal: “ Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” - Tiago 4:3

Submeta seus pedidos à vontade do Pai. Permaneça nEle e dEle receberá a “seiva” que o tornará frutífero.

Há poder no nome de Jesus!

Aplicação Pessoal

  1. Minhas orações estão alinhadas aos propósitos de Deus?
  2. Oro confiado no poder do nome de Jesus?

Motivos de Oração

  • Senhor, ensina-me a orar como convém!Outras referências bíblicas

Outras referências bíblicas

Jo. 15.7; Lc. 22:42

Oracao Devocionais 40 dias

Palavra

“As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade.” Lm. 3:22-23

Meditação

O capitulo 3 de Lamentações expressa o sofrimento do profeta Jeremias mas também o seu reconhecimento de quem é Deus.

O profeta sentia-se sem força, comparava sua aflição e pranto ao absinto e fel. Veneno e amargor. Às vezes, quando orarmos focalizando nossa circunstância de decepção, perda, fracasso e sofrimento poderemos sair deste momento de oração mais desanimados ainda. Por isso o exemplo do profeta é tão precioso para nós. Jeremias se lembrou das promessas do Senhor, de sua misericórdia, de sua eterna compaixão e fidelidade e pode ser encorajado e teve renovada a sua esperança.

Nossos sofrimentos e dificuldades não são maiores que o nosso Deus. Olhe para Ele, lembre-se do cuidado dEle em outras situações de sua própria vida e dos exemplos de cuidado e fidelidade expressos em sua Palavra. As promessas de Deus capacitam-nos a sermos participantes da natureza divina:

“Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.” 2 Pedro 1:4

A cada manhã, tudo se faz novo! Somos alvo de sua maravilhosa graça e infinita misericórdia.

Aplicação Pessoal

  1. Como você tem orado? Seu foco está na promessa ou na circunstância.

Motivos de Oração

  • Ore pelo cumprimento das promessas em sua vida.

Outras referências bíblicas

Hb. 6:17-18; Gl. 3:29

Oracao Devocionais 40 dias

Palavra

“E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.” Lc 9:62

Meditação

Ao meditar nesta exortação de Jesus, fico a pensar: O que leva alguém olhar para trás? No contexto desta pergunta vemos que Jesus ia pelo caminho, Ele fala sobre não ter um lugar para morar e convida para segui-lo; a resposta foi: deixa primeiro enterrar o meu pai e o outro disse, eu vou, mas deixa-me despedir dos de minha casa. Eles já estavam ali, fisicamente, com Jesus, mas o coração deles não estava!

Quando nosso coração está apegado as coisas desta terra, temos dificuldade para prosseguir e temos tendência de olhar o que está ficando para trás. Para seguir Jesus temos que nos desembaraçar de tudo aquilo que nos prende e atrapalha uma vida de profundidade e intimidade com Ele.
Jesus, ainda no relato no livro de Lucas, faz outra advertência: “Lembrai-vos da mulher de Ló!” O que pode ter levado a mulher de Ló olhar para trás? Sua casa, suas roupas e joias, seus bens, pois Ló era um homem de posses, ou talvez a curiosidade para ver o que estava acontecendo, ou ainda, tristeza por deixar a cidade, não sabemos porque, mas o fato é que a desobediência levou-a a morte! O olhar para trás impediu que ela entrasse na terra que Deus preparou para lhes dar o escape.

Que possamos nos lembrar, sempre desta advertência de Jesus e refletir na importância de seguirmos ao Senhor de todo coração, priorizando o Reino e obedecendo as suas leis, sem olhar para trás!

Aplicação Pessoal

  1. O que me atrai e faz olhar para trás?

Motivos de Oração

  • Que o nosso coração se apegue totalmente ao Senhor.

Outras referências bíblicas

Gn. 19:17, 24-26

­