­

A vida cristã apresenta necessariamente uma nova realidade, um novo foco e um novo padrão. A nova realidade está relacionada à união do crente na ressurreição com Cristo, expressa na frase: “se fostes ressuscitados juntamente com Cristo” (verso 1a).

Ao chamar e comissionar os Seus discípulos e posteriormente designá-los para serem testemunhas e apóstolos (mensageiros), Jesus determinou que não se ausentassem de Jerusalém, até que do alto fossem cheios do Espírito Santo (Atos 1. 4-5; 8), pois Ele sabia que sem o Espírito Santo a obra de evangelização mundial não poderia ser realizada. Antes disso Jesus já tinha afirmado: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, [...]” (João 14.16).

A páscoa judaica é celebrada anualmente pelos judeus ortodoxos até os dias de hoje. Neste ano, a páscoa judaica teve início ao por do sol da penúltima sexta-feira (dia 22 de abril do nosso calendário) e terminou ontem, dia 30 de abril, ao anoitecer.

Finalmente, nesta pastoral, vamos concluir o tema: “Vitória sobre o pecado”, tendo como base o texto de Romanos 6.1-14.

O apóstolo Paulo, escrevendo sua epístola aos Romanos, principalmente nos versos de 6 a 13, nos revela que a vida cristã abundante e de plena vitória sobre o pecado é possível, e esta deve ser almejada por todos nós, membros do Corpo de Cristo.

Nesta verdade se sustenta todo o poder do Evangelho: Ele ressuscitou dos mortos. Nenhuma outra religião do mundo confessa essa glória porque Jesus foi o único que morreu e ressurgiu dos mortos. Aleluia!

A vida cristã proposta na Bíblia é plena, abundante e eficaz, principalmente quando se refere à vitória sobre o pecado.

Segundo historiadores, Filadélfia foi fundada pelo rei de Pérgamo, Átalo, cerca de 140 a.C. Átalo foi conhecido por sua lealdade ao seu irmão, assim dando origem ao nome da cidade (Filadélfia, quesignifica amor fraterno). Atualmente, sobre as ruínas da antiga cidade de Filadélfia, localizamos a cidade de Alasehir, na Turquia.

Que alegria e privilégio iniciarmos mais um ano da Escola Bíblica Dominical, cujo tema central é baseado no Evangelho de Lucas, capítulo 18, verso 41, onde é narrada a cura do cego de Jericó.

Sardes foi considerada nos tempos antigos uma cidade próspera devido ao seu rico comércio de ouro, prata, pedras preciosas, lã, tecido etc. Hoje encontramos apenas ruínas dessa próspera cidade na região da atual Turquia.

Independentemente de onde estivermos nos reunindo como Igreja do Senhor Jesus Cristo – seja aqui em Campinas ou no Retiro Espiritual, em São José dos Campos.

Uma das principais características dos apóstolos era a prestação de contas a Jesus de tudo quanto estavam realizando, relatando todos os seus feitos.

A Igreja Batista Ágape, desde a sua fundação, em 1987, tem proporcionado a seus membros, encontros anuais, dentre eles o Retiro Espiritual nos dias de Carnaval.

A cidade de Tiatira estava situada no caminho entre Pérgamo e Sardes, na região da Ásia Menor.

A Bíblia contém inúmeras promessas de Deus para a Igreja, entretanto, sem dúvida alguma, a que mais nos atrai e nos enche os olhos é a promessa da segunda vinda do Senhor Jesus Cristo.

­